Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Mais de um mês depois da performance da Lady Gaga no VMA 2020, ainda temos o que comentar sobre este feito inédito da mother monster para a história do pop.


Dizer que a performance da Lady Gaga no VMA 2020 não foi algo grande e relevante para a história do pop é burrice! A live dela para a premiação americana foi algo espetacular. Cada detalhe foi altamente representativo para contemplar a era Chromatica, para mostrar quem é quem manda ali e para ressuscitar o pop que vale a pena.

Lady Gaga nos entregou atuação, coreografias, estrutura de alto padrão, muitas músicas num pacote impecável, muita energia e vocais poderosos, mesmo usando uma máscara de proteção ao coronavírus. Sem contar com a participação ilustre da Ariana Grande na música Rain On Me. Divulgação pesada!

Dizer também que tudo foi perfeito é ilusão. Tiveram coisas que deixaram a desejar e que estragaram a experiência de muitos, como: 1)a base de playbacks em trechos das músicas, 2)o primeiro look ser bem simples, 3) Gaga aparentar estar nervosa ou desconfortável com algumas coisas, 4)haver cortes de cenas entre uma música e outra. Se fosse a Madonna, seria uma performance inteirona com trocas de looks de forma criativa, sem parar o show.

Além destas coisas que deixaram a desejar, senti falta de um momento da Gaga com uma guitarra na hora de Stupid Love. Acho que cabia logo após a performance coreografada. Dava pra fazer algo bem explosivo que levaria os fãs a óbito, porque delírio, muitos estavam a cada segundo dessa performance.

E você o que acha que faltou nesta performance? Deixe seu comentário ou me chama nas redes sociais para falarmos sobre esse assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]