Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]


Está na moda fazer esses clipes vida loka como fez Rita Ora em Anywhere, rodando rua cima e rua baixo feito uma menina de 16 anos sem mãe e sem casa, mas o que dizer deste clipe? A música é boazinha. Dá pra curtir junto com o love ou dançando na boate meio brisado. O vídeo é bem gravado, bem editado. Rita Ora está bonita como sempre... Então, digamos que o clipe está tolerável, porém irrelevante.

Fãs da Rita Ora criticarão esta opinião, mas sejamos francos, o clipe não é cativante nem para as pesquisas do Google, mas temos que comentar sobre, por que gostamos da Ritinha e queremos ver ela chegar lá - coisa que tem sido muito difícil para as cantoras do pop hoje. Mas enfim...

Na música Anywhere, Rita Ora canta sobre a velocidade da vida, principalmente quando se é jovem e nos momentos em que está apaixonado, em que você esquece de tudo e pode deixar o amor te levar pra qualquer lugar. Talvez deveria ter sido isso que ela deveria ter feito no auge do seu sucesso quando se lançou com Roc The Life. 

Rita Ora já esteve melhor e já esteve bem pior, mas fazer o que quando Beyoncé e Rihanna estão bem a frente dela e tem uma concorrência de novatas com a mesma voz vindo aí aplicando o efeito Madonnaoncé para fazer sucesso no pop atual? Só resta continuar e esperar por dias melhores em qualquer lugar, como canta Rita Ora em Anywhere.

Assista o clipe:


Bottom Ad [Post Page]