Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Um dos vídeos mais icônicos da rainha do pop Madonna é o clipe da canção Vogue. Aquele que faz todo grande fã fazer uma pose à ordem da cantora em "strike a pose!".

Em meio a imagens preto e branco, Madonna explora a sua música em torno da moda ao tratar desse tema na parte musical e na parte falada, faz uma homenagem a diversas celebridades de Hollywood das décadas de 30, 40 e 50. Mas uma das coisas que mais chamam atenção nos clipes da rainha do pop é a forma como ela consegue trabalhar a sua sensualidade como arte.

O clipe começa mostrando diferentes esculturas, obras de arte, bem como bailarinos de Madonna, posando. Junto com isso são imagens de uma empregada doméstica e um mordomo limpando dentro do que parece ser uma casa grande. Quando a secção de dança da música começa, Madonna se vira, fazendo uma pose (de forma semelhante a como as letras colocam, "strike a pose"). O vídeo avança, e as imagens dos homens no fedora, Madonna vestindo o polêmico vestido de renda pura e outros equipamentos, seguindo. 

"Vogue" é um dance-pop e house music com influências visíveis da música disco. A canção também foi observada pelo crítico da Allmusic, Stephen Thomas Erlewine ter um "profundo house groove", e de ter uma "batida pulsante", de Mark Coleman da Rolling Stone. J. Randy Taraborrelli, em seu livro Madonna: An Intimate Biography, escreveu que a música era uma "pista de dança pulsante".

O vídeo foi dirigido por David Fincher e filmado no The Burbank Studios em Burbank, Califórnia, em 10-11 de Fevereiro de 1990 e lembra o visual de filmes e fotografia da Era de Ouro de Hollywood com o uso de obras de arte pelo artista da Art Deco, Tamara de Lempicka e um design de set da Art Deco. Muitas das cenas são recriações de fotografias tiradas pelo famoso fotógrafo Horst P. Horst, incluindo seu famoso "Corset Mainbocher", "Lisa with Turban" (1940).



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]